quinta-feira, 5 de maio de 2011

muito pior do que possas imaginar


o fim aproxima-se. quanto mais vejo a última luz, mais negra ela se parece. está longe de ser brilhante. o sucesso está comprometido e a preocupação aumenta. 
cada dia que passa se torna mais complicado. levas-me completamente a ser algo que é contra a minha natureza. estou farta de aturar muitos como tu. talvez sejas a última neste vida medíocre de adolescente. e talvez por isso sejas a pior de todas. vou fazer de tudo pra te ver na merda, assim como tu me deixas a mim. posso não conseguir nada de especial, mas a minha imagem vou limpar, tudo por uma questão de honra. gosto pouco que gozem com a minha cara e tu tens abusado nisso. se há coisa que me transcende é a injustiça. e talvez ela seja a principal responsável por este odiozinho que tenho por ti. de certa forma compreendo-te. és humana e tens sentimentos. mas o que nos estás a fazer vai contra qualquer lei ética e moral e, por isso, não tenho pena de ti, ao contrário de muitos(as) da tua espécie. sentes-te protegida pelos mais fracos e gostas, pois não passas disso, de uma fraca... fraca... fraca... fraca. esta palavra escoa no meu cérebro, inferniza o meu pensamento e deixa-me revoltada. 
já viste que horas são? sim, tu também me fazes isto, sujeitas-me a passar horas a olhar pra coisas impossíveis de compreender e tiras-me o que eu mais gosto de fazer ao fim de um dia de cansaço: dormir, descansar. 
a vida não gira só em redor daquilo a que tu chamas ganha-pão. há mais vida lá fora. e eu tenho-me limitado muito por tua culpa.
não foste feita pra isto. eu vou fazer de tudo por orgulho. espero que um dia, alguém como eu, faça o mesmo e consiga bem mais do que o que eu vou conseguir. talvez isso só seja possível num mundo onde os bananas e os abafa papéis não existem. sim, porque isso também é outra razão da minha revolta.
desejar a morte a alguém é coisa também que vai contra os meus princípios, por isso não to faço. mas desejo que passes por tudo o que eu estou a passar um dia, nesta vida, noutra vida, quando for possível. mas é o que te desejo!
e sabe porquê? porque tu já tens uma família e o futuro (catastrófico, só pode!) assegurado (ou não). já eu não sei. 
se bem que não preciso do teu ganha-pão para ter um grande futuro. pela simples razão de eu ter um talento e de ir lutar por ele. nada nem ninguém me vai manipular ao ponto de mudar a minha opinião nem vais ser tu que me vais impedir de seguir o meu sonho. 
e sabes porquê? porque eu não sou fraca e tu és.


p.s.: agradeço aos que percebem o post na íntegra que não façam referência a qualquer nome/"pista" sobre a(s) pessoa(s) a quem me refiro. obrigada.

11 comentários:

Maria disse...

Passei aqui para te dizer que tenho um selinho à tua espera no meu blog, aqui (http://mundo-virado-ao-contrario.blogspot.com/p/selos.html)
Beijinho (:

Marii disse...

Sim Inês Birras , tu não és fraca ! E mostrar-lhe que és mais do que o que estás a ser por escassas oportunidades que te dão é a melhor prova para lhe esfregares nas ventas !

C. disse...

tudo o que tu sentes por ela, sinto eu tambem!

inêsbolacha disse...

sim mari. só gostava de um dia lhe poder mostrar aquilo que valho! vacalhona.
@C., é compreensível. como nós mais 30!

Fo ( um nome enorme) disse...

Estás a ver, é disto que eu falo exculsividade, como é que podemos te ruma relação de ódio/ódio, se tu o derperdiças nos outros.... PAhh que treta

inêsbolacha disse...

o meu coração tem 4 partes. 1 ínfima parte é o ódio que tenho a esta pessoa. as outras 3 são todas tuas fo! agora imagina o que eu poria num texto sobre ti, uii! ;)

pp disse...

tal puta "ela" . tenho dito ... lol

Maria disse...

Desculpa lá :b
É o segundo.

inêsbolacha disse...

mesmo pp!

Maggie Sousa disse...

muito obrigada (: gosto muito de saber que gostas do meu blog :b

Marii disse...

MUITO OBRIGADA PELO SELO SWETTY ! gostei muunto .
Atenção ao "munto" xD