domingo, 22 de maio de 2011

no auge das conversas badalhocas


e como se fosse para variar, as conversas porcas foram regulares esta noite. eu a jantar com três mentes perversas... óbvio que a história do com-um-saco-na-cabeça tinha de vir.

«abade, nos regionais vi aquela rapariga que nada contigo»
«ah sim, sei. é bem boa, não é?»
«sim... até é. mas um bocado feia...»
«oh isso não interessa... vai na mesma com um saco na cabeça!»

sem tirar nem por! 

6 comentários:

Filipe disse...

o jantar não era o mesmo sem essas nossas conversas xD

inêsbolacha disse...

sim, era menos nojento! .|.

Fo ( um nome enorme) disse...

o abade é so pescoço, nem com saco nem sem ele, não tinha hipotese!!(isso queria ele)

inêsbolacha disse...

desculpa lá oh fo mas ele tornou-se num quebra-corações do caraças! ahahah

Fo ( um nome enorme) disse...

Diz ele!! Tambem já me veio com a mesma conversa...

inêsbolacha disse...

oh fo, algum dia terá de ser. porque não acreditar? (sei que custa, mas damos-lhe o benefício da dúvida, lol)