segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Help, please!


Preciso da vossa ajuda. Este mês tenho que entregar um texto criativo a Português sobre qualquer coisa, de qualquer tipo, de um tamanho qualquer e, sinceramente, NÃO SEI COMO NEM SOBRE O QUE ESCREVER!!!
Posto isto, peço-vos encarecidamente sugestões. Ajudem-me, sim? Quando fizer o trabalho digo qual o tema escolhido! ;)

7 comentários:

C. disse...

faz um texto de como é "perder" a melhor amiga de um momento para o outro! Acredito que ía ficar muito sentimental e a prof ía gostar! ;)

mariana disse...

eh, que sorte. ainda hoje tivemos como tpc um texto que relacionasse dois poemas que demos na aula sobre o fp e porquê............
mas posso-te sugerir textos como o que fizeste nas férias, o que mais gostaste e porquê; a tua opinião sobre o papel da mulher daqui a uns 823778 anos; o papel da igreja daqui a uns 3847 anos (será que ainda haverá católicos daqui a 100 anos?); a tua profissão futura e o que pensas que poderás trazer de bom para o sociedade com ela. sei lá, inventa xD

AnaM. disse...

vais adooorar linda (:

C. disse...

és sempre tão perspicaz! xD credo já não posso com essa personagem! Sexta conto-te mais peripécias :b

C. disse...

Ahahah! é preciso ter uma paciência dass! xD

Anónimo disse...

Ás vezes não é tão importante saber o que os outros significam para nós. Se nos fazem falta, se nos fazem sorrir, se nos fazem cometer loucuras, erros. Se nos fazem pensar, se nos fazem imaginar.
Também é importante perceber que "falta" é que nós próprios fazemos ao mundo. Se alguém pensa em nós. Se achamos que somos uma peça "fundamental" do grande puzzle, ou se somos aquela peça que se perdeu. Escreve aquilo que tu achas que significas para o "mundo". Pode ser difícil, porque se calhar nunca pensaste nisso. Ou se pensaste foi um momento tão "provisório" que se desvaneceu por completo. A imaginação ás vezes é o que nos torna fortes. Usa-a! Espero que a sugestão tenha ajudado. ;)

Joana Costa.

Inês disse...

Ajudou sim, completamente! Muito obrigada Joana! Belas palavras! Talvez me inspire nelas! ;)