quinta-feira, 15 de março de 2012

É hoje, eu juro!

Já há várias semanas que tenho andado constantemente a dizer "Hoje deito-me o mais tardar às 23h!". A verdade é que há semanas que me tenho andado a deitar quase à meia noite e o cansaço e as olheiras não me dão tréguas. Hoje o F. até me disse com cara de espanto que estava realmente "com os olhos mesmo negros".
Amanhã tenho teste de Português (o último!) e, apesar de não ter estudado muito, porque a vontade é quase nula, não quero saber. Vou mesmo dormir e é hoje que vou para a cama antes das 23h! É que já passei pela experiência de ir para um teste de Português a morrer de sono e a experiência/resultado não foram, sem sombra de dúvidas, os melhores.
Pois bem. Mal publique este post vou a correr acabar de preparar as coisas para o dia de amanhã, vou-me despedir de toda a gente em tudo o que é janelas de conversas abertas, lavar dentes, pijama e... CAMA! A minha cama está a morrer de saudades minhas. O mais interessante é que o sentimento é recíproco. Por isso, despeço-me também já aqui. 
Amanhã volto a pessoa mais aliviada e mais feliz do mundo, porque começam oficiosamente as minhas ricas e merecidas férias! :)

3 comentários:

JM disse...

fazes muito bem!
por vezes é quando vamos mais descontraídas e descansadas é que os testes correm melhor. até correm melhor do que quando ficamos a estudar até altas horas. é preciso é estar descansada e cabeça no lugar!

mariana disse...

parecia que estava a ler um pensamento meu haha :)

Inês disse...

-JM: Essa é precisamente uma qualidade minha: nunca estou nervosa para o que quer que seja! Então para testes muito menos. E nunca fico a estudar até tarde. Aliás, a partir das 9, 9h30h o meu cérebro desliga!

-mariana: Acho que isto toca a todos os estudantes desesperados e fartos de escola!