quarta-feira, 16 de maio de 2012

The running day

E hoje o dia ficou marcado por ter passado parte da tarde... A fugir!
E a fugir de quem?, perguntam vocês. Bem, aqui na vila há um senhor que anda sempre de boina e bengala a passear pelos jardins daqui. Já é velhote e até é um senhor de respeito. Até aqui tudo bem. O problema é que ele é do mais perseguidor e matreiro que existe. Se te apanha sentado num banco do jardim, quer estejas sozinho ou acompanhado, quase te obriga a ouvires as milhares de histórias que ele tem para contar e a responderes aos quizzes que ele faz na hora, sobre rios, continentes, história, países, capitais... Cultura geral, basicamente. Já fui "atacada" muitas vezes pela sua matreirice. Da primeira vez, como rapariga educada que sou, respondi atenciosamente às perguntas do senhor e ouvi com atenção a todas as histórias, o que me fez perder 45min de uma tarde perfeita de verão. À segunda e terceiras vezes já não foi bem assim. Despachei-o passados 10, 15min. E à quarta nem 1min o ouvi e até lhe espetei a peta que era do Alentejo e que tinha de ir apanhar o autocarro de volta. E agora vocês dizem: porque é que não foges quando o vês? E é aqui que eu explico a matreirice dele. Vem ter contigo da forma mais sorrateira possível e quando dás conta da sua presença já ele te está a perguntar "Então a menina, estuda aqui no liceu, é? E de onde é? E como se chama? Vou-lhe contar uma história encantadora." e começa a desbobinar tudo. Já lhe conheço as histórias todas, uma dos sapatos verdes, outra dos ovos de ouro, outra da cabra mágica, entre muitas outras que agora não me lembro.
Como já devem ter percebido, hoje passei o dia a fugir-lhe! Pela primeira vez, dei conta da presença dele ainda ele estava a uns 10m de mim, o suficiente para me levantar e me por a andar. Despistei-o e voltei ao mesmo banco. E não é que passados 15min o homem já lá estava outra vez, pronto pra me atacar? Toca outra vez a dar voltas ao jardim para o despistar de novo!
Todo o estudante aqui já foi atacado por este senhor, já é da praxe. E quem ainda não foi, prepare-se que não há-de tardar muito até que o primeiro ataque aconteça! :P

Sem comentários: