sexta-feira, 8 de junho de 2012

Mais um vez, o último

Amanhã é o último dia de aulas e, ao contrário dos outros anos, não estou eufórica. Amanhã vai ser tudo diferente.
Aposto num dia muito triste e, ao mesmo tempo, num dia muito feliz. Por um lado vai ser a última vez de muitas coisas, e acredito que vai haver muito choro por variadíssimas razões. Por outro lado, vai ser o fechar de um ciclo que, felizmente, conclui com muito sucesso.
Sei também que amanhã vão ficar muitos "obrigada" por dizer a quem mais merece, mas sei também que se os disser me vou afogar em lágrimas. Gostava sinceramente de um dia ter a coragem de dizer às pessoas certas aquilo que me vai na alma e de lhes agradecer tudo o que fizeram por mim. Um dia acho que esse dia vai chegar, seja de que maneira for, mas penso que amanhã não será o dia. Os olhares e as expressões faciais irão soar bem mais alto que umas meras palavras.
Odeio despedidas, ainda para mais quando se tratam de nos despedirmos de coisas/pessoas por quem temos tanto carinho. Hoje, mais que nunca, odeio a palavra "último". E hoje, mais que nunca, recordo todos os momentos que passei naquela escola, naquelas aulas, com aquelas pessoas, e já morro de saudades disto tudo.

2 comentários:

Marianne disse...

Vou ter saudades tuas bolacha :)

Anónimo disse...

e quase nem e te pus a vista em cima :(

bp