terça-feira, 10 de julho de 2012

As crianças e os presentes

Cheguei agora do aniversário de um primo meu que fez cinco anos e a prenda que lhe dei foi uns calções e uma t-shirt. Foi interessante a cara de desilusão que ele fez quando se apercebeu que a prenda era roupa, tanto que, depois de receber tanta roupa como prenda, quando lhe diziam para abrir e ver o que era, ele recusava-se a fazê-lo, porque "Oh, é roupa...".
Lembro-me perfeitamente que comigo acontecia mesmo. Quando sentia que a prenda era mole, era uma desilusão, e pior ainda era fazer boa cara como se tivesse gostado muito. Sem dúvida que, um presente grande e com formas, por mais fraquinho que seja o conteúdo, faz uma criança muito mais feliz e com muita mais vontade de rasgar o papel e matar a curiosidade do que está lá dentro.

Sem comentários: