domingo, 1 de julho de 2012

Há coisas que nunca mudam

E os fins merdosos das novelas é uma delas. 
Se há episódio de novelos que se se gosta de ver, é o primeiro e o último. Mais o último que o primeiro, até. Com os anos, fui constatando isto, que apesar de ser o último episódio, é sempre o mais merdoso de todos! Sempre. Isto porque hoje acabou mais um filme de terror lançado pela Sic,  Rosa Fogo, e, mais uma vez, foi uma novela com um fim altamente estúpido. 
Não se percebe o que passa na cabeça dos realizadores quando escrevem o fim. O certo é que dá, a todos eles, um piripac qualquer.

5 comentários:

P. disse...

Subscrevo tudo! :D

M. disse...

Concordo -.-
foi um fim tão sem sal!

Tânia disse...

Concordo... Aquilo não teve mesmo jeito nenhum... Podiam escrever uma coisinha melhor e com algum sentido

Inês disse...

Foi mesmo horrível. E a cena do José a ser engolido pela terra? Só em desenhos animados.

Pepper disse...

Foram tantos fails que é quase impossível nomear o meu favorito.
Só gostava de saber como é que a SIC arranjou orçamento para os efeitos especiais da "morte" do José. À beira daquilo o Matrix é para meninos xD