sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Apanha aí o sabonete, sff...

Se há coisa que me deixa colada à televisão são as reportagens sobre prisões americanas. Interesso-me por saber como é a vida de um criminoso na prisão. Ainda para mais a vida de um recluso americano, visto que são todos muito hardcore! São todos uns psicopatas, sociopatas e mais coisas acabas em patas. Nem imagino a pressão e o medo constante em que vivem aqueles polícias. Nunca se sabe o que vai na cabeça daqueles loucos! E capaz de tudo são eles.

Isto a propósito de uma reportagem que vi ontem no National Geographic. Foram várias as histórias relatadas, mas a que me ficou mais na cabeça foi a de um homem que já tinha sido espancado por outros dez, três vezes. Ao fim das três vezes, começou a bater mal, por causa da pressão sob a qual vivia, e tentou suicidar-se. Até o filmaram a explicar a maneira como tentou atar o lençol para se enforcar. Uma festa! Como ele andava a ser perseguido por um gang, foi transferido para o piso dos gays! Diziam os polícias que ali estava mais seguro. Bem, ele seguro até podia estar. Agora o bumbum dele, é que já duvido. E é aqui se explica o título deste post.

1 comentário:

Filipe disse...

Deve ter ficado pior que um túnel!