quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Enxaquecas

Dizem que é uma doença crónica hereditária. Muita gente da família do meu pai, e o meu pai inclusive, sofrem de enxaquecas. Como eu tenho muita sorte, herdei este bem precioso.
Ao contrário do que muitas pessoas pensam, uma enxaqueca não é só uma dor de cabeça forte. Descobri há pouco tempo que o meu tipo de enxaqueca se designa por enxaqueca com aura. E o que é isso da aura? Bem, é das piores sensações que já tive em toda a minha vida. Basicamente a aura é o sinal de que vem aí um enxaqueca daquelas e dura mais ou menos meia hora. No meu caso, durante este tempo vejo sempre um ponto preto no meu olho ou uma espécie de uma "nuvem" super incomodativa. Há vezes em que fico mesmo quase sem ver e até vomito. Depois deste tempo, vem a fortíssima dor de cabeça de inexplicável dor!!! A única solução credível é enfiar-me num quarto, escuro e com silêncio total e dormir até a dor passar. Já me aconteceu dormir umas longas 4h e acordar ainda com a maldita dor.
Já não tenho uma enxaqueca há muito tempo, felizmente! E espero não ter uma proximamente. Mas só de pensar que há pessoas que têm uma enxaqueca todos meses ou todas as semanas e até mesmo quase todos os dias até me dói a alma! E é assim. Já tive a sorte de herdar toda a beleza e charme do meu pai... Alguma coisa má tinha de vir, não é? :b Eheheh

11 comentários:

Ana M disse...

Como é que era a dor que sentias? era localizada?

- Dii - disse...

Eu tenho uma dor de cabeça diaria -.- à 2 ano... weeeeeee -.-

Anónimo disse...

Mas tem graça, que eu também herdei isso. E vem tudo do lado masculino da família. Mas as minhas enxaquecas são inflamatórias, e fica-me a doer a cabeça durante uma semana, praticamente. Fico com a parte de trás do pescoço toda inchada e a dor sobe e afeta-me a cabeça toda. A médica diz que é inflamação dos músculos que tem como consequência dores de cabeça horríveis! Pois é! Enxaquecas de caixão à cova! Neste caso não me vale a pena nem silêncio, nem escuro nem nada, porque fico fora de mim. Uma bela massagem com óleo de alecrim ou alfazema, um bom analgésico e anti-inflamatorio, um banho quente e cama... Credoooo! Não te fica também a doer as orbitas dos olhos? Tipo, os músculos oculares? Credo... Parece que me estão a esticar os olhos ou sei la o que!!! :S


Joana Costa** ;)

Inês disse...

Ana M: Sim, era. Por cima do olho do lado direito. A primeira vez que tive ainda não sabia o que era e a única coisa que disse ao médico é que me sentia fraca, mal disposta e com uma dor no olho xD

Dii: Fogo! Mas forte? Já foste ao médico?

Ana M disse...

eu já há algum tempo que também sinto uma dor estranha... fui ao google pesquisar os sintomas, e "ele" fez-me diagnósticos razoáveis até aos piores, nem imaginas... fiquei com medo e contei aos meu pais, eles disseram que deve ser por passar muito tempo no computador, não fui ao médico... e a verdade é que a minha dor é também no lado direito em cima do olho, às vezes prolonga-se até mais para trás, fico enjoada mas nunca fiquei sem ver, e sinto isto várias vezes num mês! :s

Inês disse...

Ana M: O facto de nunca teres ficado sem ver pode explicar o teu tipo de enxaqueca. Pode não ser do tipo com aura como a minha. Se ajudar, pesquisa enxaqueca no Google. Eu também descobri que sofria disso através do Google. A primeira vez que fui ao médico com uma enxaqueca ele disse-me que era paragem de digestão, porque eu vomitei. Mas não, era mesmo a minha primeira enxaqueca. Se sentes isso, o melhor mesmo é dormires, num sítio escuro e silencioso. É a única maneira de curar 100% uma enxaqueca, porque os terminais nervosos não são estimulados e fazem com que a enxaqueca passe. Alguém da tua família tem?

Inês disse...

Joana Costa: Uma semana? Meu Deus! Eu não aguentava. Que horror! Em relação às dores oculares, é provável que as sinta. Sabes, não tenho uma há mais de um ano e já não me lembro muito se senti isso ou não. Mas é provável, como já disse.

Ana M disse...

Obrigada pelas dicas, vou seguir os conselhos, o pior é que muitas vezes estou em aulas e outros locais onde não posso fazer isso!
Pois era o que eu estava a pensar agora... e não sei de ninguém que tem! mas podia ter alguém daqueles familiares que já faleceram ou assim, mas não sei mesmo!

Inês disse...

Aconteceu-me uma vez ter a tal aura numa aula. Não tens noção da sensação de querer ver a professora na totalidade e não conseguir, lol. O que vale é que a aula era só de 45min e aguentei. Se não, tinha pedido para sair. E é o que fazes melhor. Se isso é regular, pede um atestado ao teu médico de família. É muito difícil de aguentá-las com barulho e luz, eu que o diga.

Ana M disse...

vou tentar tratar disso, obrigada Inês :)

- Dii - disse...

sim já fui ao médico não se sabe de onde é... agora tenho consulta no neurologista. vamos lá ver... Não são fortes mas são continuas... cansam, irritam...