sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Acupuntura

Já tinha ouvido falar de acupunctura, mas não sabia ao certo do que se tratava. Até ao dia em que precisei de fazer uma sessão pela primeira vez.
Foi na quarta-feira. O meu professor de anatomia faz sessões na faculdade, grátis, a alunos que se queixam de alguma coisa. Eu queixei-me dos gémeos e do músculo que fica por trás da canela. Dores insuportáveis que me impediram de fazer as aulas esta semana e que me impedem se quer de andar a um passo mais acelerado. No entanto, após a sessão, já comecei a notar diferenças. Ontem tive um jogo de voleibol e quase não senti dor. Parece que está a resultar. Mais uma ou duas sessões e acho que fico totalmente recuperada. Ou não. Talvez se a carga física fosse menor, eu ficasse recuperada. Agora ter basquetebol, ginástica e atletismo (salto em comprimento e barreiras) numa manhã só, onde são desportos que exigem muito pernas, porque passamos a vida a saltar, não é fácil.
Mas bem, espero melhorar. E espero fazer outras sessões. A sensação é espectacular. Custa só um bocadinho, quase nada, quando espeta as agulhas em sítios com menos músculo, mas a partir daí, quando a corrente eléctrica começa a correr nos músculos, não se quer outra coisa. Até me deu para dormir! Ficava ali o dia todo. 
E assim se prova quem não são só os fármacos que curam tudo. Uma simples terapia chinesa pode fazer milagres!

9 comentários:

M. disse...

Tu a experimentar e eu a aprender a fazer :D

As melhoras *

Camila. disse...

Isso faz-me uma certa confusão, não sei se era capaz de experimentar...
Que passe rápido :)

Filipe disse...

Por acaso curtia de experimentar, vê lá se arranjas um sessão de graça para mim :D

PR disse...

Eu acredito nos poderes da acupuntura e já vi fazer e aí aumentou uma dúvida que já tinha; as agulhas são descartáveis? é que são imensas e pelo menos na vez que assisti elas regressaram á mesma embalagem de onde sairam para outros doentes.
Por isso fico com imenso medo dessas coisas.
PR

Inês disse...

PR: As minhas eram descartáveis, disso tenho a certeza.

M. disse...

Hoje vi o teu namorado ahaha
Ainda fiquei na esperança de andares por perto mas nada :/

Dinha'' disse...

Minha mãe faz, e eu me interesso por experimentar. E pelo o que ela diz, alivia muito o estresse mesmo.

Bem, eu tenho temido mudar, Porque eu construí minha vida ao seu redor, Mas o tempo traz coragem; crianças envelhecem, Estou envelhecendo também.(sinopse do meu blog)
Acessa o meu blog?
"Crianças Envelhecem"

http://criancasenvelhecem.blogspot.com.br/

Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
Atenciosamente Dinha.

Inês disse...

Conheceste-o, M.? Ele anda no ISEP, estamos todos pertinho!

M. disse...

Vi uma foto no teu facebook... acho que é ele ahahah
Pelo menos parecia :o

É incrível , nem cem metros de distância é :)