quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Presa na neve

Não é novidade para ninguém que ontem e hoje foram dias de muita neve aqui para cima. Mesmo assim, a vontade de vir para casa era tanta que eram seis da tarde de ontem quando me meti no autocarro no Porto, ruma à terrinha, sabendo que corria sérios riscos de chegar ao Marão e não passar por causa da neve. O que não aconteceu. Sim, havia neve no Marão, mas a estrada estava bem acessível e o pior passou, pensei eu. 
Mas não. O pior ainda estava para vir. E aconteceu mesmo! A a uns 15km de casa, o autocarro parou no meio da estrada branca de neve, e nem para trás, nem para a frente! Não haviam mesmo condições para continuar a viagem, e o condutor disse que dali não passava, para segurança dele e dos passageiros.
Desfecho da história: eram 23:30h, 4:30h depois de ter apanhado o autocarro no Porto, quando chego a casa, sã, salva e rebocada pelos bombeiros aqui da terra, que nos foram buscar ao meio do Pólo Norte. No meio de tanta desgraça, eu só me conseguia rir e pensar que a partir daquele momento, tinha mais uma história para contar.

1 comentário:

Roger disse...

Apesar de gostar bem mais do Verão, adoro ver neve. Mas percebo bem o transtorno que causa por esses lados :/